Natureza & Sociedade

Essa linha estuda as diferentes concepções e relações com a natureza, formas de simbolismo (ritos, mitos, cultural material) e sua relação com a luta pela existência (biológica, cultural e social). A luta pela existência é não somente uma luta pela vida, mas uma luta sociopolítica  pelo direito de modos diferentes de existir. Nesse sentido, a alteridade étnico-cultural é um tema importante da história. A alteridade é um fato fundamental do processo histórico, especialmente da evolução do sistema mundial. A diversidade sociocultural pode ser definida como segmentaridade (ou princípios de diferenciação e classificação social por critérios de gênero, geração, cultura, etnicidade, localidade) e é assim fundamental para entendermos as relações entre natureza, cultura e lutas sociopolíticas. As formas da diversidade expressam-se em diferentes visões e cosmologias, identidades étnicas,  culturais, territorialidades e o choque com sistemas econômicos e poderes políticos dominantes leva a conflitos (étnicos, agrários, socioambientais) e lutas simbólicas. Essa linha toma como objetos conflitos agrários, relação agricultura comercial e agricultura camponesa, conflitos socioambientais, conflitos étnicos e choque de racionalidades/técnicas de produção, poder simbólico e lutas simbólicas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s